Tudo o que você precisa saber sobre Alimentação Natural para dogs

Alimentação Natural para dogs ElevenChimps

A alimentação natural para dogs vem ganhando cada vez mais espaço entre as pessoas que amam os cachorros e desejam oferecer-lhes maior qualidade de vida.

Balanceada e capaz de oferecer diversas vantagens, trata-se de um novo conceito em refeições para os dogs. Para saber tudo sobre esse assunto, confira os detalhes neste artigo.

Ração X Alimentação Natural: uma mudança de atitude

Atualmente a alimentação tem tomado frente em uma série de debates e cada vez mais as pessoas se preocupam com o que comem. Fatores como origem, procedência e preparo são levados em conta na hora de consumir determinado alimento.

Essa postura mais atenta e cuidadosa não se refere apenas à alimentação humana. Os dogs, cada vez mais presentes nos lares brasileiros, também são alvo de cuidado e preocupação.

No último levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2015, 44,3% dos lares brasileiros tinha pelo menos um animal de estimação. E o mercado em torno deles está aquecido.

Prova disso é a expansão das dietas baseadas em alimentação natural, que priorizam o uso de ingredientes naturais, sem o uso de processados da indústria.

Segundo estudo conduzido pelo Laboratório do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena-USP), vinculado à Esalq-USP, a composição das rações secas difere muito daquilo que é escrito na embalagem dos produtos – noticiamos isso aqui no blog, inclusive.

Foram coletadas 82 amostras de 25 marcas diferentes de ração. O que a análise mostrou é que, em vez de carne bovina, como indicado na embalagem, as rações continham carne de frango e milho.

Contra formulações lotadas de subprodutos e conservantes, a alimentação natural se apresenta como uma válvula de escape. É uma escolha interessante para quem deseja investir em uma alimentação mais balanceada e nutritiva para o dog.

Além de conter ingredientes in natura e ser mais nutritiva, a dieta pautada na alimentação natural também apresenta maior umidade. Enquanto as rações são alimentos secos, que contém apenas de 8% a 12% de umidade, um cardápio baseado na alimentação natural pode conter até 80%.

Seja pelo fator nutricional ou pelo maior grau de umidade, a alimentação natural tem maior digestibilidade. Isto é: o seu cachorro consegue digerir muito melhor os alimentos, o que proporciona um maior estoque energético e maior sensação de saciedade.

A melhora no trato intestinal do dog e o combate às irritações gastrointestinais é apenas um dos benefícios proporcionados pela alimentação natural que trataremos mais adiante.

Uma dieta baseada em tubérculos, como a batata doce, e fibras, ajuda a fortalecer e reconstruir o sistema digestivo, por exemplo.

Para manter as atividades do dia a dia, contando todo o gasto de energia e esforço físico, os cachorros precisam de uma dieta repleta de proteínas.

De acordo com estudos da FEDIAF, são 45 nutrientes essenciais que devem fazer parte, de forma equilibrada, da dieta do dog, entre eles uma boa dose de proteína para manter os músculos fortes e cálcio, fósforo e potássio, além de vitamina D, para ajudar a conservar a saúde dos ossos.

Por isso, em muitos casos, a suplementação nutricional – um combinado de vitaminas, nutrientes e aminoácidos – deve acontecer para garantir uma dieta balanceada ao seu cachorro.

Falaremos a seguir sobre alguns pontos que é preciso se atentar ao decidir mudar a dieta do seu cachorro. Lembre-se: cada caso é particular e, por isso, a transição deve ser acompanhada por veterinários, nutrólogos e profissionais especializados.

Cuidados na transição para a alimentação natural

Agora que já frisamos a importância da alimentação natural para os cachorros, falemos da transição, já que muitas dúvidas surgem nesse momento.

Por exemplo: como trocar a ração pela alimentação natural, qual a quantidade que deve ser ingerida pelo cachorro, quais mudanças ele pode apresentar no comportamento, entre outras questões, rondam a cabeça de muitos tutores.

Mas calma! Vamos falar a seguir sobre a melhor forma de fazer essa transição e adaptar o seu dog à comida de verdade.

Pensando em um cachorro acostumado à dieta seca, baseada na ração, durante a maior parte da vida, a introdução da alimentação natural deve ser feita de forma gradual.

Por ser uma dieta mais úmida e rica em nutrientes, como já falamos acima, a alimentação natural exige uma outra atividade do intestino do animal, que precisa se acostumar gradualmente a digerir esse novo tipo de alimento.

Um dos reflexos desse processo de adaptação é uma mudança nas fezes do cachorro. Elas podem ficar mais pastosas devido a maior quantidade de água na alimentação – o fato de ficarem amolecidas, porém, não significa que deve ser líquida.

Em caso de qualquer dúvida, ou se notar alguma anormalidade, não hesite em procurar a orientação de um profissional especializado para que a adaptação seja feita da melhor forma.

Como já falamos, dietas baseadas na alimentação natural podem conter até 80% de umidade. Esse aumento no consumo indireto de água, muitas vezes, pode fazer com que o cachorro sinta menos sede, o que altera também todo o seu trato urinário.

Esse cuidado na transição para a alimentação natural pressupõe o resgate de uma relação ancestral entre o homem e o cachorro – se engana quem pensa que alimentação natural é uma atitude vanguardista!

Nos milhares de anos em que homem e cachorro se relacionam, de acordo com a evolução da história natural, a ração seca só foi aparecer nos últimos 60 anos – mais precisamente em 1954. Até então, todo cachorro era alimentado com base na comida de verdade.

Pensando nesse aspecto histórico, reflita: o cachorro está mais fisiologicamente acostumado à ração ou a uma alimentação natural rica e nutritiva?

É tudo uma questão de uma maior conscientização não só sobre a importância de uma alimentação fresca, mas também sobre os prejuízos que os ultraprocessados podem causar ao metabolismo do dog.

A seguir vamos listar os benefícios que a alimentação natural pode trazer à saúde do cachorro.

 Alimentação Natural para dogs ElevenChimps

Benefícios da alimentação natural para os cachorros

Diferente do que alguns podem pensar, não há nada de modismo na alimentação natural. Trata-se de estar mais consciente em relação à qualidade da comida que você oferece ao seu dog.

Em primeiro lugar, é importante ressaltar que a alimentação natural, com ingredientes frescos e de boa procedência, melhora todo o funcionamento do metabolismo do cachorro, além de aumentar seu estoque de energia.

Apesar dos benefícios serem unanimidade comprovada, não existe uma receita única de comida de verdade para todos os cachorros. A elaboração da dieta vai depender muito do gasto energético, do peso, idade, entre outros fatores. Sendo natural e personalizado, claro que esse tipo de alimento traz muitas vantagens.

Para facilitar o entendimento, vamos enumerar abaixo os benefícios que a alimentação natural pode trazer ao seu dog. Siga na leitura!

Melhora do trato urinário

Uma dieta baseada na alimentação natural significa uma dieta mais úmida. E esse consumo indireto de água, que acaba acontecendo através da alimentação, é muito benéfico para o trato urinário do seu dog.

Ao manter o organismo do cachorro hidratado constantemente, diminui-se a chance de aparecimento de cálculos ou de uma menor concentração de urina. A filtragem do organismo funciona de forma correta.

Combate quadro de insuficiência renal

Ao mencionar a filtragem do organismo, não podemos falar dos rins. A insuficiência renal é uma doença que pode acometer cachorros idosos ou outros que têm problema no metabolismo.

Nesses casos, o consumo de gorduras deve ser extremamente baixo para não agravar o quadro. Dessa forma, a alimentação natural fornece quantidade regulada de proteínas e carboidratos, além de uma série de vitaminas e antioxidantes que deixam seu cachorro muito mais saudável.

Saiba mais sobre a Dieta Protein Control aqui.

Saúde dos olhos

Você sabia que alimentos ricos em vitamina C e betacaroteno podem prevenir doenças oculares nos dogs?

Sim, existem uma série de alimentos naturais que podem ser incorporados à dieta e fazem bem à saúde dos olhos. Peixes gordurosos, ricos em ômega 3 e legumes, como abóbora e batata doce ,são uma ótima escolha – conheça a lista completa de alimentos que fazem bem à saúde dos olhos dos cachorros.

Combate à queda de pelo

A queda de pelos pode estar relacionada a diversos fatores: fatores imunológicos, alergias, estresse, fatores emocionais ou comportamentais. Existem ainda algumas raças que são mais suscetíveis do que outras.

Mas a alimentação natural pode ajudar a combater esse quadro. Isso porque a dieta rica em nutrientes e vitaminas tem um papel importante ajudando a aumentar a resistência imunológica do cachorro.

Alguns alimentos também contam com propriedades anti inflamatórias e antioxidantes que ajudam a manter a saúde em dia e o pelo brilhante e forte.

Entre os cases de sucesso da ElevenChimps, vale a pena conhecer como a tutora Taty Bertin curou seu dog Tedy da alopecia, graças à alimentação natural. Veja o vídeo aqui.

Evita problemas cardíacos

Não é só no caso dos humanos que uma dieta ultraprocessada pode causar complicações, como obesidade e problemas cardíacos. Os cachorros também podem sofrer dessa debilidade, o que afeta muito a qualidade de vida.

Quadros de insuficiência cardíaca podem acarretar em desmaios, falta de energia, debilidade, entre outros fatores prejudiciais à saúde do dog. Mas uma dieta balanceada e bem nutritiva pode recompor esse estoque de energia, aumentar sua imunidade e ser o estopim para uma vida mais saudável.

Dietas com baixo teor de sódio, e que contenham óleo de peixe na formulação, são ideais para evitar o desenvolvimento de problemas cardíacos.

Problemas Gastrointestinais

Constipação, irritabilidade e outros problemas podem decorrer de uma dieta seca e pouco nutritiva. A sensibilidade gastrointestinal pode refletir desde fatores genéticos e biológicos até hábitos alimentares do seu dog.

Para não exigir muito do trato intestinal, e ajudar a reconstruir o sistema, recomenda-se uma alimentação natural baseada em fibras. A batata doce é um tubérculo que promove uma grande sensação de saciedade e é digerida gradualmente, o que conserva as funções intestinais.

A Dieta Sensible, como é chamada, ainda recomenda o consumo de carboidratos e lipídios de fácil assimilação pelo organismo do cachorro. Veja mais no blog!

Controle do peso e combate à obesidade

Uma refeição equilibrada, pautada na alimentação natural, é capaz de fornecer a quantidade de proteínas, vitaminas e minerais necessárias para fornecer energia ao seu cachorro.

Dentre os principais perigos da má alimentação está a obesidade. De acordo com estudos, cachorros obesos têm propensão de viver, em média, dois anos a menos que os demais.

Além de uma menor expectativa de vida, os quadros de obesidade canina podem acarretar em outros problemas, como hipertensão, doenças cardíacas e até diabetes, além de problemas ortopédicos e disfunções hormonais.

Neste cenário, a alimentação natural é uma ótima opção para os dogs que precisam perder peso. Tudo graças à alimentação natural de baixa caloria, com alto teor de proteína, gordura controlada e grande quantidade de fibra, o que aumenta a sensação de saciedade e colabora para uma digestão mais gradual.

O maior índice de umidade dos alimentos faz com que o cachorro possa ingerir muito mais alimento, quando comparado à ração, e ainda assim ter uma perda de peso saudável.

Dá fim às alergias

Perda de pelo, aparecimento de feridas e incômodo como coceiras. Essas são algumas das questões de fundo alérgico podem ser facilmente resolvidas mudando a dieta do cachorro para alimentação natural – uma vez que quase 30% dos problemas de pele nos dogs são causados pela dieta.

O Spock sente até hoje os benefícios dessa mudança. Antes, o bulldog francês sofria com uma alergia na pata, mas agora a dieta à base de alimentação natural lhe trouxe mais qualidade de vida, além do fim das alergias.

Combate à Diabetes

A diabetes não é exclusividade dos seres humanos, também acomete os cachorros. Mas assim como no caso dos humanos, o diagnóstico muitas vezes demora a acontecer, o que propicia a instalação definitiva do quadro.

A diabetes em cachorros é causada por alguma deficiência do pâncreas na produção de insulina. É essa substância a responsável por transportar a glicose do sangue para as células, onde é transformada em energia.

Com a falha nesse transporte, há uma maior concentração de glicose no sangue, o que pode implicar em problemas como ganho de peso, insuficiência renal e até cegueira.

Quando balanceada e planejada por especialistas, a dieta baseada em alimentação natural pode evitar que o quadro diabético se agrave, oferecendo ao dog alimentos com baixo teor de gordura e fazendo uso inteligente de carboidratos para não aumentar o índice glicêmico.

Lágrima Ácida

A lágrima ácida é um problema que acomete muitos dogs. Ela traduz o acúmulo de secreção no canal lacrimal e pode ser causada por inflamações ou irritações nos olhos.

Como resultado, além do excesso de secreção que incomoda não só o dog como o tutor, há o aparecimento de manchas escuras embaixo dos olhos.

Vale ressaltar que o pH da lágrima, que vai determinar se ela é ácida ou não, depende, entre outros fatores, do tipo de alimentação oferecida ao cachorro.

Diante disso, a alimentação natural é tida como uma excelente alternativa para combater quadros de inflamação, ajudando a reduzir a incidência da lágrima ácida, o que melhora a qualidade de vida do cachorro.

Alimentação natural para cachorros idosos e filhotes

Não existe idade, nem limite de tempo, para adaptar o seu dog à alimentação natural. Inclusive, quanto antes começar a introduzir essa dieta, melhor para a vida do seu cachorro!

Isso não quer dizer, no entanto, que dogs idosos não podem começar sua trajetória na alimentação natural. A seguir, vamos falar das conveniências de adotar a alimentação natural para cachorros filhotes e idosos.

 Alimentação Natural para dogs ElevenChimps

Na primeira fase da vida, quando os dogs ainda são filhotes e estão em pleno desenvolvimento, precisam de um bom aporte energético. Existem também uma série de gorduras essenciais que, quando consumidas de forma regrada, ajudam no desenvolvimento neurológico.

Vitaminas e minerais como cálcio e fósforo também aparecem na dieta dos filhotes. É a receita ideal para que consigam se desenvolver com saúde, fortalecendo o sistema ósseo e o sistema imunológico para a continuidade de uma vida sem maiores problemas.

 Alimentação Natural para dogs ElevenChimps

No caso dos cachorros idosos, acima dos 8 anos, a alimentação natural também é recomendada para aumentar a expectativa de vida do seu cachorro.

A ElevenChimps desenvolve uma refeição suplementada que fornece todas as vitaminas e minerais que o seu dog precisa. A nossa dieta sênior possui alto teor de proteína, o que ajuda a compensar a perda muscular natural da idade, além de vitaminas e nutrientes essenciais para a manutenção das articulações.

Escolhendo a alimentação natural do seu dog!

Longe dos subprodutos usados pela indústria, é hora de escolher qual tipo de alimentação natural seu dog vai seguir.

Como já falamos neste nosso blog, alimentação natural é bem diferente de comida caseira. Por isso, além de cuidar da seleção dos ingredientes, que devem ser frescos e naturais, é preciso se atentar ao preparo – que não deve levar nenhum condimento, conservando assim as propriedades originais do alimento – e à quantidade ideal.

Aqui na ElevenChimps, toda dieta natural é desenvolvida de forma personalizada, de acordo com as necessidades e condições de cada cachorro. Tudo balanceado de acordo com fatores como peso, idade, gasto energético, frequência de atividade física, entre outros.

Selecionamos ingredientes frescos e naturais, entre proteínas, legumes, vegetais e grãos, para montar uma refeição saudável para o seu dog.

Depois da seleção dos alimentos e do planejamento da dieta, que acontece com auxílio das nossas veterinárias e nutrólogas, é hora do preparo: tudo feito em nossa cozinha!

A comida é preparada no vapor, ou cozida lentamente em caldeiras, o que preserva as propriedades do alimento e impede a proliferação de substâncias cancerígenas. É nesse momento que acontece também a suplementação da alimentação natural.

Na hora de armazenar, a comida passa por um ultracongelador, que impede a proliferação de bactérias e a formação de cristais de gelo. Depois desse processo, tudo é porcionado, de acordo com a quantidade determinada na dieta, e embalado individualmente.

Assim que a assinatura na ElevenChimps é feita, cabe ao tutor responder um questionário especial que elaboramos para saber todos os detalhes sobre o dog: de informações nutricionais aos hábitos alimentares. Todas essas informações ajudam a compor os ingredientes e a quantidade das refeições.

Além da qualidade na escolha dos ingredientes e composição da dieta, apostamos também na praticidade como um grande valor: entregamos tudo na sua casa, conforme sua preferência e horários. Daí é só tirar da geladeira, deixar na temperatura ambiente (ou aquecer) e colocar na tigela de seu dog.

Cases de Sucesso 

Histórias de sucesso chegam todos os dias à ElevenChimps. E por isso resolvemos compartilhar dois exemplos aqui com vocês.

Obesidade

O primeiro relacionado à obesidade, que é uma das principais doenças que acomete os cachorros, e como já falamos acima, pode ser o estopim para uma série de outros problemas de saúde.

O Julius é um Welsh Corgy que chegou à casa da Denise, sua atual tutora, com sete anos. Ele tinha um quadro de sobrepeso. No depoimento que concedeu à ElevenChimps, Denise afirmou ter tentado de tudo para baixar o peso do Julius – inclusive todos os tipos de ração de baixa caloria.

Mas a perda de peso só aconteceu com a introdução da alimentação natural. Veja mais casos de sucesso relacionados à obesidade aqui.

Lágrima Ácida

Também frequente nos cachorros, a chamada lágrima ácida é reflexo do acúmulo de secreção no canal lacrimal, que por sua vez pode indicar alguma inflamação ou irritação interna.

Como resultado, a lágrima ácida produz um desconforto no cachorro, que eventualmente fica com manchas escuras abaixo dos olhos.

Uma radical mudança na dieta, que deve passar a contar apenas com alimentos naturais, pode combater a incidência da lágrima ácida.

Veja aqui alguns casos de sucesso obtidos em parceria com a ElevenChimps que comprovam isso.

Como podemos notar, a alimentação natural oferece inúmeros benefícios aos cachorros, começando por uma relação de maior prazer com a alimentação, já que a comida de verdade é mais saborosa e tem um aroma muito mais agradável ao olfato do dog.

Além disso, ela é muito mais saudável e gera vários benefícios à saúde do cachorro, que passa a ter maior qualidade de vida, afetando positivamente sua longevidade.

A ElevenChimps dedica-se a desenvolver alimentação natural para dogs, garantindo mais sabor e nutrição aos cachorros e maior praticidade aos tutores. Fale com nossos especialistas e saiba qual a comida ideal para seu dog viver mais feliz e saudável.

Compartilhe