Meu cachorro não quer comer: o que fazer nesses casos?

Meu cachorro não quer comer: o que fazer nesses casos?

Todo tutor se preocupa quando seu cachorro não quer comer. Os dogs, no geral, não têm um apetite de gourmet: a maioria deles come de tudo – desde a comida que “cai” da mesa dos humanos, ração seca, petiscos, frutas e outros alimentos sem um momento de hesitação.

Quando o apetite de um cachorro muda e ele se recusa a comer, geralmente há uma razão – e um motivo válido de preocupação.

“Por que meu cachorro não quer comer?” é pergunta bastante comum nos consultórios de veterinários em todo o mundo. Por isso preparamos esse artigo, para trazer algumas respostas e dicas sobre o que fazer – então siga na leitura para saber mais.

O que causa a falta de apetite em cachorros?

Se o seu cachorro não quer comer e tem deixado a ração de lado, é importante investigar as possíveis causas para isso.

O primeiro passo é observar alguns sinais para entender se a falta de apetite tem origem física, comportamental ou está relacionada à idade.

Causas físicas

Alguns problemas de saúde podem tornar os cachorros apáticos e sem apetite. Os mais comuns incluem:

  • Infecções bacterianas, parasitárias ou virais;
  • Falência ou insuficiência renal;
  • Câncer;
  • Infecção do trato urinário (ITU);
  • Indigestão.

Embora muita gente acredite que os cachorros tenham um estômago de ferro, a indigestão pode ser um grande problema para eles.

Os problemas gastrointestinais podem ser uma grande fonte de desconforto para os dogs, gerando a falta de apetite como consequência.

Esse quadro deve durar apenas um dia, no máximo, e é preciso observar atentamente os outros sintomas. Prisão de ventre, gases, vômitos e diarreia, por exemplo, requerem um exame mais atento. Dependendo da gravidade da situação, converse com seu veterinário de confiança, que deverá indicar a necessidade de exames como radiografias, exames fecais ou de urina, ultrassom ou exames de sangue.

Se o seu cachorro não quer comer, vale observar a possibilidade de uma doença respiratória, que vai desde uma gripe simples a doenças respiratórias mais graves, como a bronquite.

Caso seu dog esteja com uma produção de muco em excesso, isso pode afetar sua resposta olfativa. Isso significa que ele também não pode cheirar a comida e isso pode contribuir para a perda de apetite.

Outra possibilidade pode estar na boca do cachorro: cáries, tumores ou até obstruções (um objeto estranho preso nas gengivas ou na garganta) causam dor e podem resultar em uma dificuldade de mastigar adequadamente.

Razões Comportamentais

Seu cão pode se recusar a comer um certo tipo de alimento se estiver acostumado com uma grande variedade de alimentos.

Por isso faça mudanças saudáveis ​​em sua dieta e pare de reforçar o mau comportamento alimentar. Isso é importante porque também aumenta os riscos de má nutrição e obesidade, que podem levar a grandes problemas de saúde. Alguns dos problemas comportamentais comuns incluem:

  • Ansiedade;
  • Depressão;
  • Estresse;
  • Petiscos em excesso;
  • Maus hábitos dos humanos – como dar comida da mesa durante as refeições ou oferecer alimentos fora da dieta habitual do dog.

Envelhecimento

O apetite em dogs tende a diminuir conforme envelhecem. Então se o seu cachorro não quer comer, mesmo estando saudável, isso pode ser porque os cachorros idosos são menos ativos e trabalham para manter um peso saudável comendo menos.

No entanto, como os dogs de idade mais avançada são propensos a doenças, uma mudança repentina em seus hábitos alimentares podem ser um sinal de alerta – e conversar com seu veterinário será uma decisão acertada.

Verifique também sinais de apatia, mudanças no sono, falta de interesse por atividades com as quais ele sempre mostrou animação – como passear ou brincar.

“Meu cachorro não quer comer” – o que você tem oferecido para ele?

Se o seu cachorro não quer comer, é importante checar – além de todas estas questões citadas acima – se você está oferecendo alimentos atraentes e de qualidade.

A alimentação natural pode ser uma solução: saborosa e rica em nutrientes, ela ajuda a reduzir os riscos de processos alérgicos e problemas digestivos, aumenta a imunidade e a longevidade do seu dog!

Dicas para estimular o apetite do seu dog

Se o seu cachorro não quer comer mesmo com a alimentação natural, não se desespere: o vídeo a seguir traz dicas muito úteis e simples para tutores que estão sofrendo com um cachorro que não quer comer – clique para assistir.

Compartilhe