Checklist: prepare-se para a chegada de um dog em casa

checklist para a chegada de um dog em casa - elevenchimps

A chegada de um dog em casa é sempre incrivelmente emocionante. Mas para dar certo desde o começo, é importante tomar alguns cuidados antes, durante e depois deste momento.

Mudar para uma nova casa, com uma nova família, pode causar estresse para os cachorros – sejam eles filhotes ou adultos, caso você opte por uma adoção tardia.

Isso também pode causar estresse para você e os demais membros da família. Mas é possível facilitar a transição para todos fazendo um planejamento. Por isso criamos um checklist especial para quem quer se preparar para chegada de um dog em casa. Saiba mais a seguir.

Antes da chegada de um dog em casa

Mesmo antes de seu novo cachorro colocar a pata em sua casa, é necessário fazer alguns preparativos. Essas etapas garantirão que ele comece da melhor maneira possível em sua nova vida, junto de nossa nova família.

1) Diálogo franco

Um cachorro não é um brinquedo – mas sim um ser vivo que demanda bastante atenção, cuidado, custos e carinho, tornando-se um grande compromisso a longo prazo para todos.

Portanto, antes de colocar a ideia em prática, verifique se todos estão de acordo com a chegada desse novo membro da família.

Para evitar confundir o cachorro e gerar problemas de relacionamento, elabore as regras antes da chegada de um dog em casa:

  • Ele será permitido na cama? No sofá?
  • Onde ele vai dormir?
  • Existem cômodos da casa aos quais ele não terá acesso?

Inclua sua família nas decisões para que todos estejam de acordo.

2) Itens básicos

Compre os itens básicos com antecedência, para que seu cachorro possa se instalar e criar uma rotina com mais facilidade e conforto.

Aqui está o que você precisa para a chegada de um dog em casa:

  • Cama;
  • Tigelas para comida e água;
  • Insumos para a alimentação – para filhotes ou cachorros adultos;
  • Petiscos para o treinamento;
  • Coleira e placa de identificação;
  • Tapetes para higiene ou jornais;
  • Brinquedos, especialmente aqueles feitos para mastigar no caso dos filhotes;
  • Produtos de limpeza para remover manchas e odores;
  • Alguns portões para bloquear determinadas seções de sua casa.

3) Prepare a casa

Esse momento pode ser um pouco mais trabalhoso se você estiver trazendo um filhote, já que eles podem ser campeões em mastigar e acessar lugares que não deveriam. Mas, independentemente da idade do seu dog, convém organizar os espaços com antecedência.

  • Determine um espaço restrito temporário: é importante mantê-los nessa área sempre que você não estiver com eles para evitar acidentes de treinamento em casa. A cozinha ou área de serviço são boas escolhas – apenas verifique se o local é seguro, sem elementos que possam ser ingeridos e gerar algum inconveniente para você ou problema de saúde para seu dog;
  • Ofereça distrações: para evitar que o cachorro fique entediado e faça algo que não deve, ofereça brinquedos que ajudem a entretê-lo nesse período sozinho;
  • Mantenha a organização quando ele estiver solto pela casa: evite deixar à mão elementos que possam ser mastigados – sapatos, brinquedos, documentos, controles remotos, almofadas, entre outros.

O dog está em casa – e agora?

Depois do primeiro passeio de carro, a chegada de um dog em casa começa com um período de adaptação. A primeira impressão do seu cachorro em sua nova casa é muito importante – então se dedique a garantir uma boa experiência para todos. Aqui estão algumas dicas.

1) Mantenha um ambiente tranquilo

Para um cachorro tímido ou assustado, estar em um novo lugar e ter de lidar com estranhos pode ser uma fonte de ansiedade e estresse.

Por isso oriente toda a família a manter um ambiente suave e calmo nos primeiros dias. Peça que as visitas e as crianças evitem falar alto ou fazer movimentos bruscos próximos do dog, para que ele se sinta seguro e se adapte com tranquilidade.

2) Apresente o espaço para o seu cachorro

Mostre para ele onde ficam as tigelas de água e de comida, sua cama e onde ele pode fazer suas necessidades. Deixe que ele fareje os cantos onde ele pode transitar livremente, para que o dog se familiarize com os cheiros do ambiente e se instale confortavelmente na rotina de todos.

3) Configure uma rotina

A rotina é uma parte importante da chegada de um dog em casa: ela ajuda no treinamento da casa e é reconfortante para o seu cachorro.

Defina um cronograma para caminhadas, treinamentos, refeições, intervalos para o banheiro e exercícios – e tente cumpri-los.

Quanto mais cedo você começar a estabelecer essa rotina, mais rápido e fácil será ensinar boas maneiras e melhores serão as lições.

As duas coisas mais importantes para ensinar a seu dog são o treinamento e a socialização da casa – deixando-o confortável para lidar com outras pessoas e outros animais de estimação que já façam parte da família.

Cuidados com a saúde do seu dog

Seja antes ou logo depois da chegada de um dog em casa, é essencial organizar os cuidados com a saúde do seu cachorro. Isso envolve:

  • Encontrar um bom veterinário: a primeira visita ao veterinário deve ser uma experiência agradável, para que seu dog encare a experiência com tranquilidade. Peça referências e agende seu primeiro compromisso nos primeiros dias após a chegada. Seu cachorro precisará de um check-up e possivelmente de algumas vacinas e vermífugos;
  • Escolher o tipo de alimentação certa: determinar o melhor tipo de alimentação para seu dog depende de algumas informações. A alimentação natural é uma opção mais saudável, nutritiva e voltada para promover mais qualidade de vida e disposição para seu cachorro. No caso da adoção de dogs adultos, verifique seus hábitos alimentares anteriores para fazer uma transição adequada entre ração e alimentação natural.

As primeiras semanas após a chegada de um dog em casa serão um período de grande ajuste para vocês dois.

Use as dicas acima e prepare-se com antecedência: isso vai facilitar muito a transição e garantir bons momentos em família!

Para receber mais dicas de cuidados e alimentação para o seu dog, acompanhe nosso blog!

Compartilhe