O final do ano está chegando e os fogos de artifícios também. Proteja o ouvido dos dogs!

O final do ano está chegando e os fogos de artifícios também. Proteja o ouvido dos dogs!

É sempre importante que você proteja o ouvido dos dogs em épocas como o réveillon e alguns eventos esportivos, onde há maior incidência de fogos de artifício.

Compartilhe

Ano novo e eventos esportivos têm algo em comum: fogos de artifício e barulhos. Por isso proteja o ouvido dos dogs nessa ocasião e garanta o conforto e a segurança deles.

Os cachorros são particularmente propensos a ter ataques de pânico ou ansiedades provocados por barulhos altos. Isso pode ser ainda mais perigoso quando o dog já é idoso ou quando possui problemas cardíacos.

Eles demonstram seus medos de várias maneiras, como correr pela casa, tremendo, latindo, choramingando, fazendo sujeira fora do local pré-determinado na casa para isso, cavando na porta ou destruindo as coisas de seus tutores.

Em casos extremos, os dogs até pulam pelas janelas e correm riscos sérios de se machucar (especialmente se não tiverem pessoas por perto nesse momento). Por isso é muito importante que você, como tutor responsável, proteja o ouvido dos dogs nestas situações. Aqui vão algumas dicas:

Faça os dogs gastarem mais energia na manhã destes dias

É melhor evitar levar seu cachorro para passear depois do anoitecer, pois a maioria dos fogos de artifício começa por volta das 16 horas.

Uma caminhada mais longa do que o habitual ou uma manhã com mais brincadeiras e atividades que o habitual também pode ajudá-los a se sentirem mais sonolentos e relaxados quando o maior volume de barulho começar.

Outra dica é apostar em uma gostosa massagem minutos antes do início da queima de fogos, assim ele estará menos ativo e mais relaxado no momento.

Abafe o som de fogos de artifício no ambiente

Proteja o ouvido dos dogs isolando ao máximo os barulhos externos: feche as janelas, portas e cortinas de sua casa durante os fogos de artifício. Colocar uma música mais calma ou deixar a TV em um som moderado também é uma boa maneira de abafar o ruído.

Os tutores também podem optar por comprar protetores de ouvido para seus animais de estimação ou usar bolas de algodão – apenas certifique-se de retirá-las assim que o volume de barulho se acalmar, para não correr o risco de esquecer.

Crie um “esconderijo”

É importante garantir que seus dogs tenham um lugar confortável e seguro para se esconder durante os fogos de artifício – embaixo da cama ou dentro de um armário, por exemplo.

É preciso que o cachorro associe o local a experiências positivas, o que os tutores podem fazer colocando uma cama confortável, muitos brinquedos e alguns petiscos. Você pode usar uma manta para identificar o local e mostrá-la para o dog assim que os fogos de artifício estiverem para começar, para que ele saiba que é hora de ir para o seu “esconderijo”.

O cachorro deve poder acessar facilmente a área o tempo todo. Quando estiver em seu espaço seguro, é recomendável que os tutores não tentem convencê-lo a sair, pois isso pode aumentar o estresse. Deixe que ele saia por conta própria, quando se sentir confortável.

Permaneça próximo dos dogs durante os fogos de artifício

Estar próximo de seu cachorro durante a queima dos fogos fará com que ele se sinta seguro e protegido neste momento, reduzindo a ansiedade e o medo.

Mantenha-o protegido em seu colo, assim se ele fizer algum movimento brusco, será mais fácil protegê-lo e acalmá-lo.

Não reaja aos fogos de artifício

Mantenha a calma em volta dos fogos de artifício: isso ajudará seus dogs a relaxarem neste momento.

Os cachorros percebem os fogos de artifício como uma ameaça em potencial, portanto, ver o tutor responder sem medo pode ajudar a aliviar essa ansiedade.

Verifique se o ambiente é seguro e à prova de fugas

É importante garantir que seu dog não possa fugir de casa se ouvir barulhos altos. Verifique trancas, portas e janelas, garantindo que elas estejam fechadas e protegidas caso o dog fique nervoso e tente escapar por um desses lugares.

Se você estiver recebendo convidados na ocasião, oriente a todos para terem cuidado com portas e janelas abertas, verificando se o dog está seguro e à vista.

Os tutores também devem garantir que os cachorros estejam devidamente identificados, caso eles escapem.

Converse com o veterinário do seu dog

A saúde auditiva de seu cachorro deve ser uma preocupação constante. Proteja o ouvido dos dogs também da umidade excessiva e verifique se ele apresenta excesso de secreção ou algum odor estranho.

Uma dica importante é caprichar na dieta do dog, acrescentando alimentos ricos em potássio – como banana, batata e espinafre, que podem ser encontrados entre as várias opções da alimentação natural formuladas por nutricionistas especializados.

Proteja o ouvido dos dogs sempre: converse com um especialista ElevenChimps e descubra como a alimentação pode ajudar nisso.

Compartilhe